Volante bimassa com pêndulo centrífugo

18-01-2016 / LuK

MADRID, 4 janeiro, 2016. As novas tendências tecnológicas dos construtores

de automóveis colocam um desafio constante à indústria de componentes. A

LuK, como líder mundial em tecnologias de transmissão, alcança um novo

marco com o volante bimassa com amortecedor de pêndulo centrífugo, o

desenvolvimento que garante um funcionamento ótimo nos propulsores de

última geração, graças à sua maior capacidade de absorção de vibrações.

O volante bimassa é sem dúvida alguma um dos grandes marcos tecnológicos da Schaeffler Automotive Aftermarket. Desenvolvido pela LuK em meados dos anos 80, tornou-se o elemento-chave para toda uma geração de motores graças a uma capacidade de isolamento e absorção de binário sem precedentes. Depois de 50 milhões de volantes bimassa produzidos, as especificações dos motores de nova geração indicavam que era a altura de um novo avanço tecnológico. A nova realidade é marcada por propulsores mais pequenos (downsizing), motores tricilíndricos e bicilíndricos, maior binário do motor e menor espaço disponível.

Pêndulo centrífugo: A resposta da LuK

Uma vez mais, a LuK aceitou o desafio da indústria. Para isso, desenvolveu o

volante bimassa com pêndulo centrífugo, um componente capaz de cumprir as

exigências dos últimos propulsores, graças à sua capacidade aperfeiçoada de

amortecimento de vibrações em qualquer regime. O amortecimento através de

pêndulo centrífugo permite reduzir as vibrações até 60% em todos os regimes com um aumento de peso de apenas um quilograma. Além disso, como está alojado entre ambas as massas, não requer espaço adicional. A polivalência deste sistema permite operar a velocidades muito reduzidas sem sacudidelas nem vibrações, o que se traduz em mudanças de velocidade mais eficientes e uma poupança de combustíveis e emissões considerável, um feito de grande importância tendo em conta as restrições importas pela Norma 6. Com o volante bimassa com pêndulo centrífugo, a LuK fez com que os novos propulsores funcionem de forma mais suave e eficiente, com padrões de conforto de condução à altura dos construtores mais exigentes. Um novo marco na história do automóvel.

Um parque automóvel de um milhão de veículos

O volante bimassa com pêndulo centrífugo iniciou a sua produção em 2008. Desde então, mais de um milhão de automóveis está equipado com esta tecnologia, da qual a LuK é o único fabricante. No catálogo de embraiagens da LuK, podemos encontrar já as referências para a reposição de 100% do parque automóvel e, devido à forte tendência da indústria para o downsizing e para a redução de consumos e emissões, são cada vez mais os construtores que optam por essa tecnologia.

Volante bimassa com pêndulo centrífugo. Princípio de funcionamento

O pêndulo centrífugo é um amortecedor que se adapta à velocidade, cuja rigidez

efetiva operativa é proporcionada pelas forças centrífugas criadas durante o

funcionamento. As massas do pêndulo estão suspensas através de pernos, que se movem em trajetórias reniformes nas massas do amortecedor e na flange do Volante Bimassa. As massas não giram em relação à flange, mas todos os pontos do pêndulo descrevem a mesma curva. A frequência natural do pêndulo é proporcional à velocidade. O pêndulo centrífugo é um amortecedor com um sistema de massas de molas secundário, fora do fluxo de energia, que se move enfrentando as vibrações e anulando-as.