Rotura do disco de embraiagem. Descubra as causas

rotura-disco-de-embrague-1.jpg


A embraiagem é um sistema complexo que deve receber a máxima atenção do profissional. A sua substituição é uma operação que requer especial atenção, uma vez que um pequeno erro pode ter efeitos graves sobre todo o sistema. Vamos analisar as causas de uma avaria significativa: a rotura do disco rígido de embraiagem, isto é, sem amortecimento, de uma embraiagem para um volante bimassa.

Em primeiro lugar, convém ter em consideração que os discos de embraiagem agem como um fusível de segurança contra uma avaria na embraiagem, ao proteger o veio primário da caixa de velocidades, sendo que a rotura do disco de embraiagem é um sintoma da anomalia e não a causa.

Quando ocorre a rotura parcial ou total da estrutura do disco de uma embraiagem rígida montada numa embraiagem para volante bimassa, o mais provável é que ocorra devido a uma destas três causas:

1. Montagem

No momento da montagem, assim que parte do veio primário tenha sido introduzida no cubo do disco (estriado), pode ocorrer um excesso de desvio angular. Caso não seja corrigido, acabará por provocar uma deformação irreversível na estrutura do disco, o qual se irá fissurando de forma progressiva até à sua rotura total. Devido à resistência do disco, esta rotura pode ocorrer depois de um longo período de utilização.

2. Desalinhamento

A rotura também pode ocorrer devido ao veio primário ter trabalhado desalinhado em relação à cambota. Este desalinhamento pode ocorrer devido a várias causas, como o desgaste ou a ausência do rolamento guia do veio primário, danos nos rolamentos do veio primário ou a falta de uma ou várias guias do motor e da caixa de velocidades. Também pode ser provocado pelo mau estado do volante bimassa ou empeno na cambota.

3. Modo tração total

Nos veículos 4×4, o disco pode partir ao passar para o modo 4×4 com uma passagem de força excessivamente violenta, evitando assim grandes danos na caixa de velocidades. Como já comentámos, o disco de embraiagem funciona como protetor (fusível) da caixa de velocidades.