Polia de cambota

Diagnóstico e manutenção com INA

Devido à sua função, tanto a polia da cambota como a polia desacopladora estão sujeitas ao envelhecimento e desgaste. É portanto, importante notar que estes componentes devem ser inspecionados e substituídos em intervalos regulares.


Os técnicos do REPXPERT recomendam uma inspeção visual a cada 60.000 km* para fissuras e corrosão e substituição de componentes pelo menos a cada 120.000 km* para garantir que o sistema de correia auxiliar continua a funcionar perfeitamente.  


O fabricante pode especificar diferentes intervalos que devem ser observados.
As fissuras e a corrosão podem ser identificadas por inspeção visual. Em alguns casos, pode ser necessário substituir a polia da cambota ou a polia desacopladora. 

Sintoma: Fissuras na polia da cambota devido ao envelhecimento

polea-desacopladora-ciguenal-1.jpg

Formam-se fissuras na linha de borracha devido ao endurecimento da superfície à medida que o componente envelhece.

Sintoma: Fissuras na zona de torção

polea-desacopladora-ciguenal-2.jpg

Formam-se fissuras visíveis de 45° na zona de torção devido a vibrações elevadas, tais como quando um táxi espera pelos passageiros durante um longo período de tempo ao ralenti. 

Sintoma: Picadas

polea-desacopladora-ciguenal-3.jpg

A corrosão da polia da cambota é visível na zona de transição da borracha com o metal sob a forma de furos. Isto é frequentemente causado por sobrecarga (por exemplo, devido a uma reprogramação da unidade de comando do motor).  Os danos na polia aparecem primeiro na secção interior, onde não é percetível.

Sintoma: Rutura completa da polia da cambota

polea-desacopladora-ciguenal-4.jpg

O anel exterior separa-se, causando a destruição completa da polia da cambota.

Recomendações para a instalação polias da cambota INA

polea-desacopladora-ciguenal-5.jpg

  • É importante considerar o lado correto da instalação
  • É necessário substituir os parafusos de aperto (sempre incluídos nos kits INA).
  • Funcionar apenas com carga (com as correias instaladas)
  • Durante a desmontagem e montagem, utilizar a ferramenta especial para evitar danos no produto e no sistema de acionamento.

Para que é utilizada a polia da cambota?

polea-desacopladora-ciguenal-6.jpg

O sistema de correia auxiliar fornece energia a muitos sistemas que são importantes para o conforto e segurança do veículo, tais como o compressor do ar condicionado ou a bomba de direção assistida. Devido ao “downsizing” do motor, a cambota é exposta a níveis crescentes de vibração que podem causar danos ao sistema. A polia da cambota reduz as vibrações.

Para que é utilizada a polia desacopladora da cambota?

polea-desacopladora-ciguenal-7.jpg

A polia desacopladora representa uma evolução da polia da cambota. A sua tarefa é desacoplar a correia auxiliar sob certas condições, o que permite eliminar quase completamente as vibrações transferidas do motor. 

A gama de polias da cambota e polias desacopladoras da INA

polea-desacopladora-ciguenal-8.jpg

A INA oferece a polia da cambota e a polia desacopladora para todas as aplicações populares no mercado, tais como Volkswagen, Volvo, Ford, Fiat, Renault, Nissan, como componentes individuais, ou em kit incluindo todos os acessórios necessários para a instalação. No caso de ser necessária uma manutenção completa do sistema de correia auxiliar, o INA FEAD KIT é a solução completa para uma reparação profissional do sistema, uma vez que inclui todos os componentes sujeitos a desgaste numa só caixa.

SAIBA MAIS SOBRE A GAMA DE POLIAS DA CAMBOTA INA