Porque é recomendável substituir a embraiagem e o volante na mesma reparação?

Que passa se não o fazemos?

Tenho clientes na minha oficina que me dizem que apenas querem substituir a embraiagem e manter o bimassa. Recomendo sempre que o substituam, mas o que pode acontecer se não o fizerem? Pode ser prejudicial para a embraiagem?

Um bimassa danificado pode ter consequências na embraiagem. A superfície de fricção em mau estado pode resultar na cristalização dos revestimentos do disco. O excesso de folga do bimassa pode danificar o sistema de amortecimento da embraiagem e até as estrias do disco de embraiagem. Um bimassa bloqueado pode deformar ou partir as molas tangenciais da embraiagem, como se pode, por exemplo, observar na fotografia.

É importante assinalar que, além dos efeitos na embraiagem, um bimassa deteriorado pode ter efeitos negativos no motor ou caixa. Não podemos esquecer que as vibrações produzidas pelo motor deixam de ser filtradas, sendo conduzidas para o restante sistema de transmissão, nomeadamente, embraiagem e caixa de velocidades.